Sauli Rosa agradece homenagem e relembra dificuldades do início

por Paulo Torres publicado 15/12/2021 16h15, última modificação 20/12/2021 12h00
A Câmara de Toledo entregou na sexta-feira, dia 10, as homenagens municipais de 2021, dentro da programação dos 69 anos de emancipação do Município de Toledo. O empresário Sauli Rosa agradeceu a homenagem e lembrou as dificuldades do início em Toledo e a partida de Santa Catarina, ele com 10 irmãos, a esposa com 13, deixando seus nove irmãos para ir para “o fim do mundo”, como disse sua mãe na despedida. O empresário também falou do preconceito que havia em relação aos residentes na então Vila Operária, onde residiam os pobres, que não tinham terra. Na época Toledo era formado apenas pelos bairros Operária, Industrial e Jardim Porto Alegre e frequentando a igreja viu que eram “gente boa”. Ele conta que , como pobre, resolveu seguir morando ali e ergueu sua empresa empregando os jovens e ensinando a trabalhar a madeira para fazer mesas e cadeiras, coisa pela qual alguns que reencontrou hoje são empresário, policial federal e outros profissionais a partir daquela formação. Os vereadores também realizaram a entrega do Título de Cidadania Honorária de Toledo ao empresário Erich Baumgart, além da Medalha Willy Barth ao frei Amarildo Cupertino e a Valdir Antônio Eckstein.
Sauli Rosa agradece homenagem e relembra dificuldades do início

Empresário Sauli Rosa lembrou saída de Santa Catarina e dificuldades do início em Toledo

 

A Câmara de Toledo entregou na sexta-feira, dia 10 de dezembro, às 19h, as homenagens  municipais de 2021, dentro da programação dos 69 anos de emancipação do Município de ToledoO empresário Sauli Rosa agradeceu a homenagem e lembrou as dificuldades do início em Toledo e a partida de Santa Catarina, ele com 10 irmãos, a esposa com 13, deixando seus nove irmãos para ir para “o fim do mundo”, como disse sua mãe na despedida. Sauli lembrou a dificuldade de conseguir energia da Copel, que estava chegando em Toledo e foi mobilizada pelo então prefeito, Egon Pudell. O empresário também falou do preconceito que havia em relação aos residentes na hoje Grande Pioneiro, que então era a Vila Operária ou Vila Brasil, onde residiam os pobres que não tinham terra, ou “brasileiros”. Na época Toledo era formado apenas pelos bairros Operária, Industrial e Jardim Porto Alegre e frequentando a igreja viu que eram “gente boa”. Ele porém resolveu seguir morando ali e ergueu sua empresa empregando os jovens e ensinando a trabalhar a madeira para fazer mesas e cadeiras, coisa pela qual alguns que reencontrou hoje são empresário, policial federal e outros profissionais a partir daquela formação. Já a empresa enfrentou dificuldades como um incêndio que destruiu tudo mas ganhou espaço e hoje ocupa com seus produtos salões e residências em todo o Brasil e por conta disto deixou de lado a ideia de ser enterrado em Santa Catarina e já comprou seu túmulo em Toledo.

Os vereadores aprovaram a concessão do Título de Cidadania Honorária do Município de Toledo ao empresário Erich Baumgart, previsto no Projeto de Lei n° 88, do Poder Executivo. Anteriormente a Câmara aprovou projeto que concede o Título de Cidadania Honorária ao empresário Sauli Rosa, além da concessão da Medalha Willy Barth ao frei Amarildo Cupertino. Por último foi apreciado e aprovado por unanimidade o Projeto de Resolução n° 7, que concede a Medalha Willy Barth a Valdir Antônio Eckstein.

O empresário Sauli Rosa nasceu em 15 de março de 1942, em Capinzal, Santa Catarina, onde também conheceu sua esposa Iracema Maria Toniel Rosa ainda na infância. Casaram-se no dia 22 de dezembro de 1962, resultando desta união cinco filhos. Ainda no município de Capinzal, Sauli trabalhou com moinho e principalmente serraria da família, com o casal decidindo se mudar para Toledo, o que fez no dia 26 de novembro de 1969.

No ano seguinte à sua chegada, em 1970, Sauli iniciou as atividades de uma indústria de cadeiras, que hoje é a renomada e conhecida fábrica "Cadeiras Rosa". Neste local, com muito trabalho e administração cresceram e progrediram, levando desenvolvimento à região da Grande Pioneiro e geração de muitos empregos. Desde 1969 fabricando e vendendo mesas, cadeiras, banquetas e outros a móveis rosa é especializada na fabricação e comercialização de cadeiras e mesas. Inovando e investindo em tecnologia permanentemente a Móveis Rosa buscou produzir móveis com design, criando opções que vão do rústico ao sofisticado, com qualidade, durabilidade, beleza e conforto, aliados a preços, buscando atender as necessidades e expectativas dos clientes. Inovadoras técnicas desenvolvidas garantiram uma qualidade e durabilidade superior a outros processos, criando produtos diferenciados. Graças a estas técnicas e pesquisa o empresário Sauli Rosa hoje ocupa com produtos de sua empresa espaços em todo o Brasil que vão desde residências a restaurantes e salões de eventos.

 

Veja em vídeo a integra da Sessão Solene de Entrega de Honrarias de 10-12-21

Confira em vídeo a íntegra do agradecimento de Sauli Rosa