CPI da Transportec define data para relatório final

por Paulo Torres publicado 10/10/2019 13h30, última modificação 11/10/2019 14h54
A CPI que apura as denúncias em torno da coleta de lixo pela Transportec em Toledo realizou sua 14° reunião na quarta-feira, dia 9, quando os vereadores decidiram marcar a apresentação do relatório final. A reunião contou com os vereadores presidente Marcos Zanetti, vice-presidente Airton Savello, relatora Janice Salvador e membro Renato Reimann, com a ausência de Ademar Dorfschmidt devido a outro compromisso. A data proposta para apresentação do relatório foi no próximo dia 18, às 9h, sendo aprovada por unanimidade.
CPI da Transportec define data para relatório final

CPI das denúncias sobre a coleta de lixo marcou data do relatório final

A CPI que apura as denúncias em torno da coleta de lixo pela Transportec em Toledo realizou sua 14° reunião na quarta-feira, dia 9 de outubro, quando os vereadores decidiram marcar a apresentação do relatório final. A reunião a partir das 15:30h contou com os vereadores presidente Marcos Zanetti, vice-presidente Airton Savello, relatora Janice Salvador e membro Renato Reimann, com a ausência de Ademar Dorfschmidt devido a outro compromisso no horário. A data proposta para apresentação do relatório foi no próximo dia 18 de outubro, às 9h, sendo aprovada por unanimidade dos presentes, após consulta à relatora Janice.

O presidente da CPI lembrou que desde a prorrogação dos trabalhos por 60 dias, aprovada pelo plenário da Câmara em 18 de agosto, a CPI fez buscas infrutíferas no sentido de ouvir o advogado Luiz Fernando Comegno, em depoimento solicitado por Ademar Dorfschmidt. Também tem sido tentado o depoimento de um diretor da Transportec, o qual no entanto precisa ser identificado para ser contatado, o que não tem sido conseguido junto à empresa. O contrato em Toledo foi assinado por Márcio Ponte Leon Leite mas a empresa teve mudanças e não forneceu os dados sobre o responsável. “Receio termos nova prorrogação e não avançarmos”, comentou o presidente Marcos Zanetti, ponderando aos demais no sentido de já haver o depoimento do advogado no Boletim de Ocorrência por ocasião da tentativa de levar caminhões de Toledo e propondo à CPI deixar à Justiça as providências cabíveis quanto ao caso do diretor, o que foi acatado pelos vereadores unanimemente.

O diretor da Transportec Márcio Ponte Leon Leite, que assinou o contrato em Toledo, seria ouvido pela CPI em 10 de julho, sendo notificado antecipadamente mas não compareceu na data.A CPI então aprovou por unanimidade sua notificação via judicial através da Vara Criminal da comarca onde reside, conforme parecer da Assessoria Jurídica.

error while rendering plone.comments