Câmara aprecia viagem do prefeito e créditos de R$ 3,5 mi

por Paulo Torres publicado 01/10/2015 17h55, última modificação 01/10/2015 18h03
A Câmara Municipal aprovou em primeira votação em sessão extraordinária nesta quinta, dia 1º de outubro, às 11h, três projetos de leis e ainda um de resolução autorizando o afastamento do prefeito Beto Lunitti para viagem à Itália. O Projeto de Resolução nº 31 autoriza o prefeito de Toledo, Beto Lunitti, a afastar-se do cargo e ausentar-se do País para participar, como representante do Município de Toledo, da Missão Técnica Internacional Oeste em Desenvolvimento. A viagem será realizada de 7 a 20 de outubro e inclui eventos nas cidades de Milão e Turim, na Itália, onde serão realizados, respectivamente, a Expo Milano 2015, de 9 a 16 de outubro, em Milão, e o 3º Fórum Mundial de Desenvolvimento Local, de 13 a 16 de outubro, em Turim.'
Câmara aprecia viagem do prefeito e créditos de R$ 3,5 mi

Sessão extraordinária reuniu 17 vereadores na manhã de quinta-feira

 

 

 

A Câmara Municipal aprovou em primeira votação em sessão extraordinária nesta quinta, dia 1º de outubro, às 11h, três projetos de leis e ainda um de resolução autorizando o afastamento do prefeito Beto Lunitti para viagem à Itália. O Projeto de Resolução nº 31 autoriza o prefeito de Toledo, Beto Lunitti, a afastar-se do cargo e ausentar-se do País para participar, como representante do Município de Toledo, da Missão Técnica Internacional Oeste em Desenvolvimento. A viagem será realizada de 7 a 20 de outubro e inclui eventos nas cidades de Milão e Turim, na Itália, onde serão realizados, respectivamente, a Expo Milano 2015, de 9 a 16 de outubro, em Milão, e o 3º Fórum Mundial de Desenvolvimento Local, de 13 a 16 de outubro, em Turim, que contará com um painel onde o prefeito de Toledo exporá experiências locais.

A pauta da sessão extraordinária contou ainda com dois projetos aprovados em primeiro turno na sessão de segunda-feira e que foram votados e aprovados por 16 x 0 em votação final, o 147 e 148. Eles tratam da afetação de áreas recebidas pelo Município em novos loteamentos para uso institucional e vias públicas. Já o PL 159 teve primeira votação e autoriza a abertura de créditos adicionais especial e suplementar no Orçamento do Município de Toledo. O crédito adicional suplementar é no valor de R$ 3,352 milhões, enquanto o crédito acional suplementar atinge R$ 29,8 mil. O vereador Rogério Massing destacou na tribuna que os recursos suplementados no projeto aprovado pelos 17 vereadores vão atender projetos do Orçamento Participativo, o CMEI do Jardim da Mata, a Secretaria das Mulheres e a própria Câmara Municipal.

Não participaram da sessão os vereadores Luiz Carlos Johann e Adriano Remonti, enquanto o presidente Ademar Dorfschmnidt só vota em caso de empate.

 

error while rendering plone.comments