Câmara posiciona-se contra fusão das zonas eleitorais da comarca

por Paulo Torres publicado 11/08/2017 10h05, última modificação 15/08/2017 09h23
A possibilidade de enxugamento da estrutura da Justiça Eleitoral em Toledo motivou a apresentação na sessão de segunda-feira, dia 7, do Requerimento nº 125, que se posiciona pela manutenção das três atuais zonas eleitorais. O documento ao presidente do TRE-Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, solicita a manutenção das Zonas Eleitorais 75ª, 148ª e 201ª na Comarca de Toledo. O documento cita a audiência pública realizada em 5 de julho no Fórum Eleitoral de Toledo, que debateu sobre o rezoneamento eleitoral, conforme prevê a Resolução TSE-Tribunal Superior Eleitoral nº 2.3520/2017, tendo posicionamento contrário das entidades participantes.
Câmara posiciona-se contra fusão das zonas eleitorais da comarca

Vereadores posicionaram-se contra o enxugamento da estrutura da Justiça Eleitoral

 

A possibilidade de enxugamento da estrutura da Justiça Eleitoral em Toledo motivou a apresentação na sessão da Câmara Municipal na segunda-feira, dia 7, do Requerimento nº 125, que se posiciona pela manutenção das três atuais zonas eleitorais da Comarca de Toledo. O documento dirigido ao presidente do TRE-Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, solicita a manutenção das Zonas Eleitorais 75ª, 148ª e 201ª na Comarca de Toledo. O documento cita a audiência pública realizada em 5 de julho no Fórum Eleitoral de Toledo, que debateu sobre o rezoneamento eleitoral na Comarca de Toledo, conforme prevê a Resolução TSE-Tribunal Superior Eleitoral nº 2.3520/2017. O documento aponta a possibilidade de ficar apenas uma zona eleitoral, a de número 75, na Comarca de Toledo.

O documento dos vereadores cita a juíza Terezinha de Mello Krueger, que promoveu a audiência de 5 de julho, apontando que a totalidade das entidades participantes do evento posicionaram-se contra o enxugamento da estrutura da Justiça Eleitoral. Segundo ele, a Comarca de Toledo tem 114.436 eleitores aptos/cancelados/suspensos distribuídos em Toledo, Ouro Verde do Oeste e São Pedro de Iguaçu e a “medida aplicada será um retrocesso à nossa gente”. O documento aponta que o enxugamento de gastos levaria a uma “redução ínfima” de “apenas 0,2% e, em contrapartida trará grandiosos prejuízos ao atendimento à população”.

“Por fim, por estas e outras razões, esta Câmara Municipal de Toledo por meio dos seus Parlamentares, solicita de modo URGENTE a permanência das Zonas Eleitorais 75º, 148º e 201º, na Comarca de Toledo, Estado do Paraná”, finaliza o documento assinado pelos vereadores Ademar Lineu Dorfschmidt, Airton Paula, Antônio Sérgio de Freitas, Ascânio José Butzge, Albino Corazza Neto, Nilson Fernandes de Aguiar, Gabriel Bueno Baierle, Leandro Moura, Leoclides Bisognin,
Sidney Marcos Zanetti, Marli Gonçalves Costa, Marly Terezinha Zanete, Neudi Mosconi, Olinda Fiorentin, Pedro Varela, Renato Ernesto Reimann, Vagner Aparecido Alves de Labio, Valtencir Lameu de Britto e Walmor Francisco Lodi.

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.